De Inicio a Luta

Pois é. curso de desenho realista Como você já deve ter lido no breve histórico na página “Sobre Nos”; o Emagrecer é Possível é uma reedição de um antigo blog meu em um domínio “Ponto Com”.

Nesta nova etapa da minha luta contra a balança, que espero seja definitiva, tudo começa em uma noite quente e abafada de outubro deste ano (2011). Acordado de um sono profundo por uma sufocação nunca sentida antes; abri os olhos desesperado por ar e, mesmo já consciente, levei alguns segundos para voltar a respirar. Uma crise de apneia que jamais tive, mesmo pesando mais de 200 kg. veja esse treinamento pode lhe ajudar nessa caminha >>

Talvez você não acredite. Mas, sou daqueles obesos que têm pouquíssimos ou nenhum problema de saúde associado ao excesso de peso. Não sou diabético, não tenho colesterol alto, caminho normalmente e não sou um devastador de geladeiras. Meu único problema de saúde é hipertensão (pressão alta).

Cheguei no meu peso atual 260 Kg (em outubro de 2011) após anos de uma dieta bem balanceada que consistia em doses cavalares (e a cada trinta ou quarenta minutos) de café, muita Coca-Cola e uma única refeição ao dia (sempre ao chegar em casa à noite).

Assim, de saudáveis 78 Kg e um corpo bem definido de fuzileiro naval, cheguei a uma cópia do Poderoso Jaba em pouco mais de dez anos de um trabalho extremamente sedentário e estressante. Tudo isso graças à natureza prevenida de nossos corpos, traçados por milênios de evolução, que resolveu (ao invés de sofrer pela dieta louca) baixar a taxa de seu metabolismo e gastar o mínimo possível para sobreviver, enquanto aumenta enormemente o aproveitamento das calorias ingeridas.

É o que os médicos chamam de síndrome metabólica. Mesmo que você coma pouco seu organismo queima um nível mínimo de calorias e, enquanto nós dois comemos uma fatia de pão; para você ela será apenas isso. Mas, para mim ela representará um enorme sanduíche triplo (em matéria de absorção de calorias). Isso é claro, não é uma explicação técnica. É apenas uma ilustração do problema.

Agora, depois do susto, resolvi iniciar uma mudança de hábitos alimentares visando acelerar o meu metabolismo e perder o máximo possível de peso sem a necessidade de uma cirurgia bariátrica. Até o momento os resultados são positivos: De um peso superior a 260 Kg perdi, em dois meses, quase trinta quilos. Hoje estou pesando 232 Kg.

Também está havendo perda de gordura abdominal, com diminuição da cintura dos iniciais 1 m e 96 cm para os atuais 1 m 83 cm. Uma perda de 13 cm de forma consistente (medido a cada sete dias).

É certo que, quanto mais peso perder, mais difícil será perder ainda mais. Contudo, a mudança de hábitos alimentares que promovi vem dando resultados ótimos e não apresenta qualquer sinal de irritabilidade, fome excessiva ou episódios compulsivos (comuns em dietas desequilibradas ou muito restritivas). Sinceramente, sinto que meus hábitos alimentares estão mudando para valer; pois, mesmo me dando o direito de “enfiar o pé na jaca” uma ver por semana, nesses dias simplesmente não consigo comer muito.

Esse será o diário da batalha e um lugar para conversar sobre novidades e notícias sobre emagrecimento, dietas e outras coisas ligadas ao emagrecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *