Emagreça hoje

Dias atrás eu estava assistindo um programa de televisão quando o entrevistador dieta de 1000 calorias perguntou a uma dessas mulheres da mídia (que a gente não sabe direito qual a profissão) como ela faz para manter a cinturinha. A resposta foi algo assim: “eu como de tudo, bebo muita cerveja e depois, quando fico com barriga, faço uma lipo”.

É bom salientar, já que esse equívoco não é apenas dessa moça, mas de muitas outras pessoas, que a lipoaspiração não é um método de emagrecimento, mas um procedimento cirúrgico indicado às pessoas que têm um acúmulo de gordura localizada, que não é possível eliminar através de dietas e exercícios. Por ser uma cirurgia, também apresenta riscos; para citar dois: embolia (quando a placa de gordura ou sangue se desloca e obstrui outro lugar) e reações alérgicas anafiláticas. Esse procedimento serve para melhorar o contorno corporal e não como método de emagrecimento. É preciso que a pessoa mude seus hábitos, porque, do contrário, as gordurinhas retornarão ao lugar de onde foram tiradas.
A febre de cirurgia de emagrecimento no Brasil é a de redução do tamanho do estômago, que desvia uma parte do intestino delgado e modifica o processo normal da digestão e absorção dos nutrientes. Dessa maneira, a quantidade de alimentos que o dieta de 1000 calorias estômago pode armazenar é reduzida e, assim, há uma menor ingestão de calorias. Porém, também ocorre uma diminuição da digestão e absorção de nutrientes (má absorção), porque a parte reduzida localizava-se onde deveria acontecer a maior parte dessa absorção. Após essa intervenção, é preciso compreender e reestruturar o esquema alimentar de forma individual e progressiva. Ou seja, haverá sim todos aqueles processos de dietas e reeducação alimentar que possivelmente você quis evitar ou não agüentava mais tentar.

Nos Estados Unidos, 30% das pessoas que optaram pela cirurgia de redução de estômago tornaram-se alcoólatras, porque não se libertaram da compulsão que tinham. Ou seja, apenas mudaram de vício. Nesse caso, um dos maiores problemas é que, depois de reduzidas as dimensões do estômago, o álcool vai direto e rapidamente para o intestino delgado, onde é absorvido rapidamente pela corrente sanguínea.

É importante um acompanhamento psicológico para quem deseja perder peso, pois assim será possível descobrir a causa da compulsão, qual a ansiedade, decepção, raiva, que quer se esconder na gordura. É bom lembrar que a opção pela técnica a ser utilizada depende de uma serie de fatores individuais e é o seu médico que deverá escolher a que mais se adapta a você. Esse texto não tem, nem da forma mais sutil, a intenção de lutar contra as cirurgias. Apenas lembrar alguns riscos quando se trata de cirurgia (já que os ganhos é algo que já sabemos e almejamos há tempos) e alguns efeitos psicológicos colaterais que são de certa forma, negligenciados pela maioria das pessoas.